18 de agosto

GDF - Administrações Regionais
30/06/22 às 11h30 - Atualizado em 30/06/22 às 11h30

Defensoria Publica lança o canal de relacionamento em prol da cultura e da Paz

COMPARTILHAR

O relacionamento inovador constituído pela Defensoria Pública do DF juntamente com diversos parceiros em prol da cultura de paz ganha destaques importantes:

i) Formação em mediação;
ii) Bolsas de estudos e contrapartida social;
iii) Encaminhamento de casos de família e exames de DNA pelas cidades, conselhos tutelares e escolas do DF;
iv) Novo canal de acesso exclusivo aos serviços da Defensoria Pública.

 

Seu novo parceiro, o Centro de Mediadores Instituto de Ensino, é referência na formação em mediação e resolução de conflitos no Brasil, sendo credenciado ao TJDFT, reconhecido pelo CNJ e ENFAM para ministrar formações na área de resolução de conflitos (Conciliação, Mediação Judicial, Mediação Familiar).

Já no próximo mês de agosto, será iniciada a primeira turma presencial para formação de conciliadores e mediadores. Contaremos também com formação EAD, com bolsas de pós-graduação na área e 400 (quatrocentas) horas de contrapartida social sendo desempenhadas fora das atribuições institucionais regulares.

Com isso, a Defensoria do DF fará busca ativa nas cidades satélites em relacionamento cooperativo com os conselhos tutelares, administrações regionais, regionais de ensino e respectivas escolas públicas, podendo trazer outras instituições para a mesma dinâmica.

Nesse sentido, o órgão já conta com o fluxo de encaminhamento de casos para resolução extrajudicial de conflitos na DPDF, conforme modelo de protocolo e formulário anexos, para promover atendimento permanente nas cidades do DF destinado à garantia dos direitos de crianças e adolescentes por meio da mediação, da realização de exames de DNA e do peticionamento exclusivo.

Por outro lado, nessa dinâmica, conta especialmente com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) na qualificação e inserção de pessoas no mercado de trabalho.

Além disso, seguindo a política da educação em direitos por meio da Escola de Assistência Jurídica (EASJUR), a produção de diversas cartilhas serve para orientar e mobilizar a comunidade acerca desse novo relacionamento de justiça.

Veja aqui mais informações:

Centro_de_Mediadores_Termos

Fluxo_de_atendimento_de_casos_encaminhados_pelos_Conselhos_Tutelares____Regionais_de_Ensino_e_Administracoes_Regionais_para_Mediacao_na_Defensoria_Publica_do_Distrito_Federal.__7_

Protocolo_de_atendimento_geral_mediacao__1_

Assim, buscamos concretizar o direito à cidadania, à inclusão, ao acesso à ordem jurídica justa e, principalmente de dignidade das famílias.

Maiores informações podem ser obtidas com a EASJUR (escoladpdf@gmail.com ou 98231-8888 (Evenin – Diretor).

 

Mapa do site Dúvidas frequentes