21 de setembro

GDF - Administrações Regionais
6/04/20 às 16h17 - Atualizado em 6/04/20 às 16h18

Saiba mais sobre o Programa Escola em Casa DF

COMPARTILHAR

 

 

 

 

O Programa de ensino mediado e produzido pela Secretaria de Educação estreou na TV Justiça nesta segunda-feira (6). As teleaulas fazem parte do Escola em Casa DF, o programa de ensino que possibilitará a retomada das atividades educacionais da rede pública, suspensas há três semanas para conter o a pandemia da covid-19.

De acordo com Secretaria de Estado de Educação, a TV Justiça iniciará a transmissão de três horas diárias de conteúdos didático-pedagógicos organizados para atender as diversas etapas e modalidades de ensino abrangidas pela rede. Os estudantes poderão acessar a programação entre 9h e 12h, de segunda a sexta-feira.

A grade de programação terá entre 15 e 30 minutos para cada etapa/modalidade de ensino. Haverá conteúdo para a educação precoce, para os Centros de Educação Especial, educação infantil, anos iniciais e finais do ensino fundamental, ensino médio, ensino médio em tempo integral (EMTI), educação de jovens e adultos (EJA), educação profissional e, ainda, educação física em movimento.

Mas a Secretaria explica que as atividades não substituem as aulas presenciais, não vão contar para o ano letivo, não vão valer nota para passar de ano e nem mesmo avaliações estão previstas, mas servirão para os estudantes se manterem atualizados, vinculados às suas escolas, à educação de um modo geral e, sobretudo, para que façam uma travessia tranquila até retorno das aulas presenciais, quando possível.

Programação

  • Às segundas, quartas e sextas-feiras:

Serão transmitidas aulas gravadas para todas as modalidades e etapas. Começa pela Educação Infantil, às 9 horas, e vai até o meio dia (12 horas), com o conteúdo voltado aos professores.

  • Às terças e quintas-feiras:

As transmissões serão ao vivo, com aulões voltados para o Ensino Médio, com conteúdos voltados para o Enem e PAS. “Esperamos que todos os estudantes possam assistir, participar e aproveitar cada aula da Secretaria de Educação também pela telinha”, destaca o coordenador do projeto.

  • Dia 1, grade de estreia

Na grade de estreia, a Educação Precoce prova que brincar é coisa séria. Os responsáveis vão receber dicas para o dia a dia em casa, já que os acompanhamentos dos bebês de 0 a 3 anos também estão suspensos. A ideia é que todos possam utilizar materiais simples, de uso cotidiano, para dar continuidade a algumas atividades de desenvolvimento dos pequenos.

Nesta primeira semana, alguns vídeos que serão transmitidos foram produzidos por professores voluntários. Amanhã vai rolar um momento todowq3 para a Educação Infantil e 60 minutos voltados ao Ensino Fundamental. Em 30 minutos, a SEEDF vai mostrar que Fundamental é Você (estudante dos anos iniciais) e, em mais 30 minutos, vai bater um papo com os alunos dos anos finais da mesma etapa.

  • Quarentena + Enem

QuarentENEM é o programa daqueles que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio. Mesmo com a suspensão das aulas no combate à disseminação do coronavírus, os estudantes do Ensino Médio vão ter a oportunidade de dar continuidade aos estudos para as principais provas da educação.

A programação de segunda-feira fecha com o Movimento Educação – atividades para os pequenos em tempos de quarentena e com uma hora de história para o Ensino Médio.

  • Como assistir

Para assistir as teleaulas basta sintonizar nos canais da TV Justiça 53.1 e 53.2 da TV Justiça.

  • Dúvidas

No dia da estreia de Escola em Casa DF na TV Justiça, a SEE também preparou um programa extra para o público. A partir das 19h, o professor David Nogueira estará em transmissão direta no Youtube e no Facebook para esclarecer dúvidas da comunidade sobre o ensino mediado pela tecnologia.

Em bate-papo com Rossana Gasparini mediado por Danilo Queiroz, David Nogueira estará disponível, ao vivo, para todos os internautas que quiserem participar com dúvidas e sugestões. Para enviar as perguntas, as redes sociais da SEE já estão abertas.

Com informações: Secretaria de Estado de Educação

Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros