29 de setembro

GDF - Administrações Regionais
11/09/20 às 15h43 - Atualizado em 11/09/20 às 15h51

A reunião atraiu dezenas de pessoas que têm comércios no Varjão

Na tarde dessa quarta-feira (09), a Administração Regional do Varjão se reuniu com o Capitão Ávila, representando do 24º Batalhão, Ednei Santos da associação de comerciantes do Varjão e o presidente do CONSEG, Vânio Scarabelot, representantes do SLU, o presidente do Conselho de Pastores Núcleo Varjão, Crislano Tomaz e vários comerciantes da cidade. O objetivo foi debater sobre a segurança, lixo, mobilidade, outros assuntos e principalmente ouvir os anseios da comunidade. A reunião atraiu dezenas de pessoas que têm comércios no Varjão.

O administrador do Varjão, Lúcio Rogério, agradeceu a presença de todos e enfatizou que a união dos moradores é essencial para a PM-DF atender melhor a comunidade.  “Vamos criar um grupo de comerciantes do Varjão, que tem o único objetivo de chamadas de emergência para a PM-DF. Certamente, isso fará com que a Polícia Militar conheça cada um de vocês”, destacou.

O presidente do CONSEG do Varjão, Vânio Scarabelot, afirmou que o Conselho está à disposição dos moradores e que está levando as demandas ao Comando da PM.

O presidente da associação dos comerciantes do Varjão, Ednei Santos, ressaltou que a PMDF tem feito um bom trabalho, mas os comerciantes precisam se unir porque a cidade está crescendo. “O nosso comércio está desenvolvendo a cada dia. Então peço a vocês que participem das decisões que envolvem o Varjão”, solicitou.

Durante o encontro, alguns comerciantes relataram as cenas de violência que vivenciaram como a empresaria Cintia Windssor. “Eu tive minha farmácia assaltada três vezes e foi traumático tanto para mim quanto para os clientes que estavam na loja. Esse trabalho de contar para a PMDF em um grupo restrito quem consideramos suspeito na nossa região é fundamental, pois vai evitar que o comércio sofra violência, ” disse.

O capital Ávila enfatizou que a PM está do lado da população. “Queremos ajudar os moradores, por isso entre em contato conosco sem medo de incomodar a polícia, pois quem incomoda a PM é o bandido solto praticando crimes, ” finalizou.

Texto e fotos: Geysa Albuquerque

ASCOM -VARJÃO

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros