17 de janeiro

GDF - Administrações Regionais
6/09/19 às 17h03 - Atualizado em 6/09/19 às 17h06

Saiba sobre a Campanha de Vacinação antirrábica no Varjão

 

 

 

 

 

 

 

Cães e gatos da área urbana e rural do Distrito Federal deverão ser vacinados contra raiva. Animais da área urbana podem ser imunizados em 14 e 21 de setembro, sempre das 9h às 17h. O Varjão será atendido num único dia (14 de setembro),  e terá três pontos de vacinação:

  • Agropecuária Cesta do Cerrado: Quadra 07, conjunto A, lote 02
  • Administração Regional do Varjão: Av. Principal
  • Quiosque Água de coco –  DF 005 – trecho 02

 

A expectativa da Gerência de Vigilância Ambiental de Zoonoses da SES é vacinar mais de 80% da população estimada de cães e gatos, ou seja, 246.735 cães e 24.673 gatos, totalizando 271.408 animais. Para a área urbana, haverá 219 postos no dia 14 e 262 no dia 21.

Saúde humana 

“Aderir à campanha é importante para proteger e promover a saúde humana”, alerta o gerente de Zoonoses, Jadir Costa Filho. “Ressalte-se que o vírus da raiva leva as vítimas a óbito em praticamente 100% dos casos”.

Segundo o veterinário Laurício Monteiro, da Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde (Dival), o programa de prevenção à raiva do DF é referência no país porque os dados refletem a realidade, epidemiologicamente. “A vacinação é o único e mais importante instrumento de profilaxia da raiva em cães e gatos”, destaca ele.

Ciclo de transmissão

Como a raiva é uma doença infecciosa, que afeta também outros animais, como bovinos, ovinos, caprinos e suínos, os especialistas recomendam cuidado com o ciclo aéreo da transmissão, protagonizada pelos morcegos, responsáveis por perpetuar a circulação do vírus.

Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis a partir de três meses de vida, inclusive as fêmeas grávidas ou que estejam amamentando. A vacina contra raiva imuniza o animal por um ano, sendo necessário um reforço a cada 12 meses.

Além da campanha, outros nove locais aplicam a vacina antirrábica durante o ano inteiro, das 8h às 17h, durante a semana. Os pontos ficam na Zoonoses e nos núcleos regionais de vigilância ambiental de Ceilândia, Gama, Brazlândia, Planaltina, Recanto das Emas, Sobradinho, Paranoá e São Sebastião.

Com informações da SES e da Agência Brasília

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros